KATE BUSH

Catherine "Kate" Bush, (1958, Inglaterra) é uma cantora e compositora performática. É filha de um médico inglês, Robert John Bush, e de uma enfermeira irlandesa, Hannah Bush.

Desde quando frequentava o convento escolar em Abbey Wood, Sudeste de Londres onde estudou piano e violino, Kate Bush chamou a atenção de David Gilmour do Pink Floyd, que ajudou a financiar a as suas primeiras fitas demos. Assinou um contrato com a EMI aos 16 anos.

Entretanto, nos primeiros dois anos de seu contrato, Bush não lançou nenhum álbum, preferindo terminar seu tempo na escola e fazer aulas de dança, mímica e música. Concluiu a escola com 100% de aproveitamento em todas as disciplinas. Em 2005, Bush foi convidada para uma entrevista com Mark Radcliffe da rádio BBC onde revelou que a gravadora EMI à época de sua contratação não lançaria um álbum até que ela estivesse pronta, mas a manteria sob contrato a fim de que nenhuma outra gravadora pudesse fazê-lo.

Nesse meio tempo, a gravadora EMI enviou-lhe uma boa quantia de dinheiro para que ela comprasse um sintetizador e pudesse frequentar aulas de interpretação com Lindsey Kemp. Durante esse tempo, Bush compôs e gravou cerca de 200 canções, que hoje podem ser encontradas em gravações piratas (conhecidas mundialmente como as "Gravações Fênix"). 

Também fez várias apresentações na Grande Londres com a "KT Bush Band". Seu primeiro álbum, The Kick Inside, foi lançado em 1978, tendo como base as canções que tinha escrito durante os dois anos anteriores, incluindo a clássica "Wuthering Heights" baseada em um livro de mesmo nome da escritora Emily Brontë, essa música fez um grande sucesso no Reino Unido e na Austrália; e se transformou em uma balada internacional, sendo até regravada anos depois pela banda brasileira Angra. Assim sendo, Bush se tornou a primeira mulher a alcançar o 1º lugar das paradas de sucesso no Reino Unido com uma canção própria.